Testimonials

O Software Livre desafia-o a aprender: a fazer por si prório, a ser destemidamente independente quando se trata de tecnologia. Nos últimos anos tenho-me orgulhado de ver as minhas habilidades aumentarem e ultrapassarem as dos meus pares amantes do priprietário, mesmo alguns profissionais pagos, simplesmente por ter um mindset livre e curioso. Software Livre liberta-o de muitas formas.

Anna Morris (Co-Fundadora do ethical-pets.co.uk e defensora do Software Livre)

A Free Software Foundation Europe (FSFE) junta activistas dedicados e comprometidos de toda a Europa para aproveitar as oportunidades de garantir os nossos direitos de usar, partilhar, estudar e melhorar software porque sem Software Livre, a tecnologia subjuga-nos em vez de melhorar a nossa liberdade.

Hugo Roy (estudante de Direito)

Eu tornei-me membro para deixar de ser \'uma minoria de um\', como uma vez disse George Orwell. Queria conhecer pessoas que partilhavam os meus ideais e crenças, para que parasse de ter a impressão que estava a lutar contra o sistema sozinho. É tranquilizador saber que não estou só, o que provavelmente motiva as pessoas a continuar o trabalho que estão a fazer, mesmo se nem sempre são tão bem sucedidos como gostariam de ser.

Kevin Keijzer (activista Político)

Liberdade é um dos valores nuclear da nossa Sociedade e um dos conceitos básicos da Democracia. Apoiar e divulgar o Software Livre é uma das formas de construir alternativas criativas para a inclusão social e para proteger os nossos cidadãos da exploração digital. Somos responsáveis por construir um Mundo melhor como um presente para as nossas gerações futuras.

Mauricio Nascimento (Engenheiro de Middleware)

Estou muito impressionado com aquilo que a FSFE conseguiu a nível Europeu e nacional. Quando estava a trabalhar no sector público tive oportunidade de observar a vasta quantidade de dinheiro que é gasto com lobbying para software proprietário e a chamada indústria de normas na Alemanha e na Europa. É espantoso como a FSFE ainda assim conseguiu ser ouvida. Apoiar isso foi uma das minhas motivações para me tornar Membro.

Guido Günther (Freelancer e Programador do Debian)

Software Livre é importante nos dias de hoje. Precisa de representação profissional, o que é um trabalho duro e caro. Juntar-me à fellowship foi para mim uma forma de contribuir com os meus conhecimentos e algum dinheiro de voltar para o movimento do Software Livre para garantir o seu futuro.

Maurice Verheesen

Fui durante anos uma voz solitária, explicando os princípios por detrás do Software Livre e a sua importância a pessoas no meu país em inúmeros artigos e textos no blog. Queria pertencer a uma organização com o objectivo de construir a sociedade digital 100% com Software Livre, e apoiar a FSFE ganhando acesso à sua infraestrutura pareceu-me um lógico primeiro passo.

Carsten Agger (Engenheiro de Software)

Acredito que acções de apoio à FSFE são importants para encorajar o desenvolvimento de Software Livre e a sua adopção na Europa e no mundo. Sou um Membro da FSFE porque apoiar financeiramente a causa do Software Livre causa melhorias positivas a todas as sociedades pelo mundo.

Jacob Appelbaum (Porta-Voz do Projecto TOR)

Sou um apoiante do Software Livre há muito tempo. Lutei contra as patentes de software em Bruxelas, co-organizei o tema de sistema na Libre Software Meeting (RMLL) e dirijo uma empresa de Software Livre. Software Livre é uma parte essencial da nossa liberdade global, pelo que foi natural tornar-me Membro da FSFE.

Benoit Mortier (Dono da OpenSides, Gestor da FusionDirectory)

Software Livre e a FSFE são para mim: partilhar, aprender, ser independente de monopólios, criar coisas em conjunto, paixão e liberdade! Desde que me tornei Membro, tenho feito novas amizades que me ajudam com Software Livre e noutros tópicos, ensinando coisas novas todos os dias apesar de estarmos a kilómetros de distância. É magnífico estar numa comunidade que apoia continuamente a minha paixão e motivação pelo Software Livre!

Nermin Canik (Analista IT de Negócio)

O Software Livre precisa de uma voz na política. Nós, voluntários, fazemos coisas espantosas juntos, mas há algumas tarefas que não são tão interessantes, têm prazos apertados ou precisam de ampla experiência. A FSFE apenas consegue usar o seu potencial total com pessoal pago para fazer as coisas que os voluntários não iriam conseguir fazer. Hoje em dia, já conheci todos os funcionários e posso dizer que não lamento um cêntimo do que dei para permitir à FSFE operar.

Guido Arnold

Se um programa for licenciado como Software Livre, nós podemos auditá-lo, e ter a certeza que ele faz o que é suposto fazer (e nada mais). Instituições Públicas desenvolvem software, e contratam empresas para o fazer, e os cidadãos deveriam ser donos e reutilizar todo esse código. Eu contribuo para Software Livre com traduções, ajuda ao utilizador, encontrar alternativas em Software Livre na Universidade... mas não consigo chegar aos decisores políticos, nem a pessoas e instituições noutros países. Sou sócio da FSFE para a apoiar nesta tarefa, e como mais uma forma de agradecer à comunidade de Software Livre.

Laura Arjona Reina (Assisstente IT na Universidade Técnica de Madrid e contribuidora do Debian)

Sempre fui fascinado por Software Livre. Estou a apoiar projectos de Software Livre nos meus tempos livres. A minha educação tal como o meu trabalho não seriam possíveis sem Software Livre. O grupo de membros em Berlim mostrou-me como contribuir para o Software Livre de uma forma não-técnica. Foi e ainda é muito divertido trabalhar com eles numa atmosfera agradável. Como hoje em dia estou envolvido no grupo, acho que chegou a altura de me juntar à FSFE oficialmente e apoiá-los financeiramente.

Volker Grabsch (Desenvolvimento de Software)

Eu juntei-me à FSFE porque tenho visto mais e mais que escrever Software Livre, em última análise, não é o suficiente para nutir uma cultura onde o Software Livre é visto como uma parte integral da sociedade. O Software Livre não devia ser um tópico de nicho, apoiado apenas por geeks.

Johannes Zarl (Profissional IT)

Eu tenho vindo a usar Software Livre há anos, e durante o último par de meses comecei a "dar de voltar", apoiando-o em forums e escrevendo pequenas correcções. Mas senti que o Software Livre merece também algum dinheiro. E a Free Software Foundation é simplesmente o melhor sítio para onde o dinheiro pode ir. Queria também mostrar o meu apoio ao Software Livre publicamente.

Oliver Springer (Estagiário de Administração de Sistemas)

Eu comecei a fazer trabalho de administração de sistemas UNIX quando era um cientista visitante no MIT no início da década de 90, concentrando-me mais e mais em Software Livre com o passar do tempo, e faço a minha vida inteiramente sendo administrador de sistemas em Software Livre nos últimos oito anos. Já estava mais que na altura de dar algum dinheiro de volta.

Tom Yates (Administrador de Sistemas Consultor de Software Livre)

Eu interesso-me por valores, políticas, sociedade: em novas formas de produção, baseadas em cooperação livre em estruturas egalitárias; em bens comuns de conhecimento e inteligência colectiva. É por isso que estou aqui e porque quero apoiar o movimento do Software Livre. Eu não tenho um background técnico, nem a maioria das pessoas que conheço. background, and neither do most of the people I know.

Nicole Lieger (Cientista Política e Membro da Sociedade Civil)