Imprensa

Fim da publicidade não-livre: acabemos com os anúncios!

Publicado:

Um mês, uma campanha, um objetivo: livrar-se dos anúncios de software não-livre em sítios web públicos. Em quatro semanas, a FSFE recebeu comunicações sobre 2162 instituições europeias que anunciam leitores PDF não-livres. Além dos 305 ativistas que participaram da pesquisa, 1500 pessoas, 46 empresas e 38 organizações assinaram a nossa Petição para a Remoção de Publicidade de Software Privativo nos Sítios Web das Instituições Públicas. Agora que a caça acabou, é hora de perseguir os sítios web que encorajam os visitantes a comprometer a sua liberdade. É hora de acabar com os anúncios!

Voluntários altamente motivados procuraram na internet por sítios web públicos que anunciaram software não-livre e relataram 2.162 instituições. Alguns deles, como Massimo Barbieri e Lucas Bickel, relataram individualmente mais de 350! Alessandro Albini, Rainer Schmitz, e Pavel Kharitonov também fizeram uma contribuição notável no relatório de cerca de 50 instituições cada um.

Mas a FSFE não parará só com uma lista de instituições. Nas próximas semanas, a FSFE enviará cartas para as instituições para chamar a atenção sobre a sua publicidade desleal. Em nome dos signatários da petição, a FSFE pedirá às instituições que removam qualquer recomendação de software não-livre do seu sítio web, ou ofereçam uma escolha de vários programas.

Onde você estiver, a qualquer hora, você pode contribuir na remoção de anúncios de software não-livre em sítios web públicos. O incrível trabalho dos caçadores e os nossos tradutores estabeleceram uma base firme para a próxima fase. Agora você pode ajudar para que possamos fazer o resto do trabalho. Você pode marcar a diferença! Ajude-nos a traduzir a carta às línguas que faltam ou faça uma doação para o fundo da campanha PDFreaders para ajudar a cobrir os 1600 euros do envio e os custos de administração adicionais necessários para entregar as mensagens em toda a Europa. Ajude-nos a acabar com os anúncios!