O que fazemos

Software Livre na Educação

Promovemos activamente o uso de Software Livre nas escolas e nas universidades, uma vez que o Software Livre se baseia no método científico, promovendo a compreensão dos processos a par da utilização dos produtos.

Logo na sua primeira Assembleia Geral, a FSFE identificou a educação como uma das mais importates áreas de intervenção, para que os estudantes e os jovens em geral tenham a possibilidade de lidar com o conhecimento em vez de se ficarem pela mera aprendizagem de matérias. Consequentemente, criamos um Grupo de Trabalho sobre o Software na Educação, para gerir estes esforços. O GT funciona como um hub (centro de coordenação) e trabalha na monitorização da situação a nível europeu. Para tornar a mudança possível, participamos em eventos de Software Livre e ajudamos outras iniciativas.

Entre outros argumentos a favor do software Livre, apresentamos quatro dos principais benefícios que proporciona na educação:

News RSS Últimas notícias

Position paper for the boost of Open Educational Resources on the basis of Free Software

10 February 2015

Together with FSFE and other partners, the Bündnis Freie Bildung ("Free Education Alliance") today publishes its position paper about the creation and usage of Open Educational Resources (OER). Therein, the Bündnis demands a consequent publishing of all OER-material under public licences and their availability as Free Software and in Open Standard formats.

Open Letter to Prime Minister Erdoğan

20 June 2013

Days before the protests in Taksim Square erupted, President Erdoğan was in America. On behalf of an ambitious education investment project called FATIH, he toured Silicon Valley as the guest of America's largest technology companies, each of whom are hoping to land a contract for more than 10 million new tablet computers.

17 December 2012

A group of 45 Free Software organisations have signed a legal complaint to Italy's Ministry of Education. FSFE, AsSoLi, Wikimedia Italia, the Free Software User Group Italia, the Associazione per l'Informazione Geografica Libera (GFoss.it), the Italian Linux Society, LibreItalia and 38 other groups warn that the country's Ministry of Education is putting Free Software at an unfair disadvantage.