Since 2001 the FSFE has been enhancing users' rights by abolishing barriers for software freedom. For 20 years we have been helping individuals and organisations to understand how Free Software contributes to freedom, transparency, and self-determination.

For the next two decades we need your help. We want everyone to be able to control their technology. Free Software and its freedoms to use, study, share, and improve are the key to that goal.

O que é o projecto GNU?

GNU head

O projecto GNU foi lançado em Setembro de 1983 por Richard M. Stallman para criar um sistema operativo completo de Software Livre. O trabalho de desenvolvimento de software iniciou-se em Janeiro seguinte. Hoje temos vários sistemas operativos baseados exclusivamente no Software Livre que respeitam a liberdade dos usuários dando a todos o direito de usar, compartilhar, estudar e melhorar o software para qualquer finalidade.

Stallman fundou a "Free Software Foundation" (Fundação de Software Livre) em Outubro de 1985 para suportar aspectos administrativos, legais e organizacionais do projecto GNU e também para difundir o uso e conhecimento do Software Livre. As principais licenças do projeto GNU são a "GNU General Public License (GPL)" (Licença Pública Geral) e a "GNU Lesser General Public License" (LGPL, Licença Pública Geral Menor, originalmente designada por "GNU Library General Public License"). Ao longo dos anos tornaram-se nas licenças mais utilizadas para o Software Livre.

O projecto GNU consiste em inúmeros pequenos sub-projetos mantidos por voluntários ou empresas ou combinações destas duas. Estes mesmos sub-projetos são também designados por "GNU projects" (projetos GNU) ou "GNU packages" (pacotes GNU).

O nome do projeto GNU é resultado do acrônimo redundante "GNU's Not Unix." O Unix era um sistema operativo muito conhecido e utilizado nos anos 80, por isso Stallman desenvolveu o GNU por forma a ser o mais compatível possível com o Unix porque assim seria vantajoso para as pessoas migrarem para o GNU. O autor reconhece que o GNU aprendeu com o projeto técnico Unix, mas também existem notas muito importantes as quais não estão relacionadas. Contrariamente ao Unix, o GNU é Software Livre.

Sendo semelhante ao Unix, o GNU é desenvolvido por módulos. Isto significa que componentes de terceiros podem ser inseridos no GNU. Hoje em dia, é muito comum as pessoas utilizarem um "kernel" (núcleo) de terceiros designado por Linux com os sistemas GNU. Muitas pessoas utilizam o nome "Linux" para esta variante do GNU, mas isto impede que as pessoas saibam do projeto GNU e o seu propósito da liberdade do software. A FSFE pede às pessoas para utilizarem os termos "GNU/Linux" ou "GNU+Linux" quando fazem referência a estes mesmos sistemas.

Para mais informações, ver o sítio web do projeto GNU em www.gnu.org.