Imprensa

FSFE convenceu 1125 administrações públicas a remover anúncios a software proprietário

Publicado:

Depois de seis anos de actividade, a campanha PDFreaders vai terminar este mês como uma das nossas mais bem sucedidas campanhas.

A campanha começou em 2009 com o intuito de remover publicidades a software proprietário de leitura de PDF's dos sítios web de instituições públicas. Para começar, voluntários submeteram 2104 "bugs", ou instâncias de software proprietário de leitura de PDF's a ser directamente promovido por autoridades públicas, e a FSFE listou-as online. Desde então, centenas de activistas de Software Livre tomaram acções, esvrevendo às instituições públicas relevantes e pedindo mudanças aos seus sítios web. Recebemos muito feedback positivo de instituições agradecendo-nos pelas nossas cartas, e, à data, 1125 de 2104 sítios web (53%) editaram os seus sítios web removendo ligações a leitores proprietários de PDF, ou adicionando ligações para leitores de PDF livres.

Além de escrever cartas, a FSFE reuniu também assinaturas para uma petição pedindo um fim ao anúncio de produtos de software proprietário em sítios web governamentais. 90 organizações, 63 negócios e 2731 indivíduos assinaram esta petição.

Além disso, fomos capazes de liderar uma movimento de mudança, tanto a nível nacional como internacional.

"Este sucesso não poderia ter sido possível sem a ajuda e o trabalho árduo dos nossos voluntários e o apoio dos nossos doadores. Obrigado! Apesar de muitos sítios web públicos e privados ainda promoverem leitores proprietários, o nível de alerta mudou significantemente durante a nossa campanha, e agora deverá ser muito mais fácil para você abordar os administradores de sítios web restantes. Além disso, a maioria dos utilizadores de Internet hoje já usam Software Livre quando abrem um ficheiro PDF no seu navegador web --uma enorme diferença desde 2009!" diz Hannes Hauswedell, quem iniciou a campanha. "Claro que ainda há trabalho a fazer, e convidamo-vos a relembrar a administração pública a usar Normas Abertas e não recomendar Software Proprietário. E com o vosso apoio, também nós iremos continuar a lugar por uma web que respeite a liberdade e privacidade dos seus utilizadores!"

Para se envolver pode usar a nossa carta-tipo para enviar à administração pública relevante, ou pode escrever uma por si mesmo. Certifique-se apenas que inclui onde encontrar uma lista de leitores Software Livre de PDF que possam substituir o link do seu sítio web.

Mais um agradecimento especial aos activistas, voluntários e doadores que ajudaram a fazer desta campanha um sucesso!