12135€ of 212000€

Your contribution really makes a difference! Support our work to help us promote software freedom and digital rights!

Boletim

Municípios a usar Software Livre +++ PMPC tour em Itália

em  

Neste boletim, nove administrações a inovar e poupar dinheiro com Software Livre, coligação Alemã pede uma educação digital justa, e como o Software Livre promove um setor de telecomunicações mais sustentável. Voluntários organizam tour "Dinheiro Público? Código Público!" em Itália.

três fotografias de grupos de pessoas

9 administrações inovam e poupam dinheiro recorrendo a Software Livre

Em 2020, a cidade de Bühl, na Alemanha, lançou "Palim! Palim!", uma plataforma de vídeo-conferência baseada no Software Livre "Jitsi Meet". A cidade ofereceu a plataforma a cidadãos que dela necessitassem e a iniciativa foi bem recebida. Dois anos depois, clubes, cidadãos e a própria cidade utilizam diariamente o Palim Palim.

três pessoas em video-chamada
Entrevista a administradores Alemães que utilizam Software Livre. Maio 2022.

Outros municípios também mostraram o seu interesse na solução. Uma associação de nove administradores que utilizam 'Palim! Palim!', modernizaram a administração de forma conjunta com recurso ao Software Livre. Re@di – regional.digital é uma cooperação inter-comunal de nove cidades do sul da Alemanha. As suas necessidades comuns são satisfeitas pela sinergia do desenvolvimento colaborativo. Numa entrevista, Alexander Gabriel e Eduard Itrich clarificaram que as administrações podem usar os seus recursos de forma eficiente devido à cooperação e partilha de Software Livre.

Coligação Alemã apela a uma educação digital justa

Os estudantes não deveriam ser obrigados a utilizar software proprietário no seu percurso educacional. A FSFE junta-se assim à coligação Alemã ‘Fair Digital Education’ para promover soluções de Software Livre, que respeitem a privacidade, nas escolas. A coligação assinou um manifesto apelando a um maior controlo e justiça nas soluções digitais usadas na educação. Os estudantes devem aprender a utilizar técnicas e não produtos. O Software Livre aumenta a literacia digital e evidencia o valor da cooperação.

Como promover um setor de telecomunicações sustentável

O direito de instalar qualquer software em qualquer dispositivo, licenciamento de Software Livre e neutralidade de dispositivos, promovem a sustentabilidade digital assim como a proteção dos consumidores. A possibilidade de instalar qualquer software em qualquer dispositivo, por parte dos utilizadores, aumenta a probabilidade do mesmo ser reparado ou reutilizado, prevenindo o lixo eletrónico. O direito dos utilizadores de instalar qualquer software, a obrigação dos fabricantes de publicar todo o código fonte e a neutralidade de dispositivos são necessárias para reivindicar os dispositivos. Estes princípios devem guiar políticas futuras de design de produto na UE. A FSFE demonstrou isto respondendo a uma consulta pública sobre o impacto do setor das telecomunicações no ambiente.

Anota a data!

Atividades passadas e futuras

 duas pessoas com T-shirts pretas e óculos de sol a sorrir num dia de sol
Alexander Sander e Lucas Lasota no stand da FSFE no make-it.saarland em Saarbrücken, Alemanha, maio de 2022. Fotografia por: Cuvée
grupo de pessoas em frente a um edifício
A FSFE participou na Assembleia Geral dos Direitos Digitais Europeus (EDRi). Maio 2022.

Grupos FSFE

Aarhus | Grupo recomeça após sete anos. O grupo local FSFE de Aarhus recomeça a atividade com o objetivo de aumentar a consciencialização para o Software Livre na Dinamarca. O primeiro encontro irá decorrer a 9 de junho.

Berlim | O grupo local FSFE de Berlim decidiu voltar a ter reuniões mensais regulares e encontrar-se no Linux Works LUG. O grupo também acordou ter reuniões online regulares dedicadas ao Software Livre na Educação.

Grécia | A equipa nacional FSFE da Grécia traduziu a resposta da FSFE à ronda de consultas das Telecomunicações Hellenic e da Pós Comissão sobre a posição do Network Termination Point. Junta-te à sala FSFE Grega para discutir traduções impossíveis de termos técnicos e outos tópicos de liberdade de software.

Hamburg | O grupo local FSFE de Hamburg teve o seu encontro mensal.

two people in a booth
André Ockers e Nico Rikken no stand da FSFE na NLLGG em Utrecht, Países Baixos, maio 2022.

Países Baixos | A FSFE equipa nacional FSFE dos Países Baixos organizou um stand da FSFE no encontro NLLGG em Utrecht, e teve o seu encontro mensal online.

Mulheres | O grupo de mulheres FSFE teve o seu primeiro encontro presencial em Berlim. Foram discutidos motores de busca, chats, e gestores de passwords que tornam a vida mais fácil.

Zurique | O grupo local FSFE de Zurique organizou uma hackathon para preparar uma iniciativa que dará suporte de comunicação federativa para autoridades públicas.

Torna-te ativo na Itália!

Voluntários vão estar presentes na campanha 'Dinheiro Público? Código Público!' em Itália. Conhece as pessoas que fazem as traduções italianas da FSFE e aprende como a digitalização do setor público Italiano pode ser melhorada. Os eventos decorrem em Trento a 7 de junho, Bolonha a 8 de junho e Caltanissetta a 18 de junho.

Contribui para o nosso boletim

Se queres partilhar as tuas ideias, imagens, ou notícias com a comunidade, envia-nos como sempre, para newsletter@fsfe.org. Estamos curiosos para saber as tuas opiniões! Além disso, se queres ajudar no nosso trabalho, a nossa comunidade está sempre aberta ou se preferires é possível fazer donativos mensais. Queremos deixar o nosso agradecimento à comunidade e a todos os voluntários, apoiantes e doadores, que tornam o nosso trabalho possível. Também um agradecimento aos nossos tradutores que possibilitam a leitura deste newsletter na vossa língua nativa.

A editora, Fani Partsafyllidou